Categorias
Sem categoria

Datovo na sabatina 2

O postulante do PSOL, Carlos Roberto Datovo, é contra o uso de material didático apostilado nas escolas da rede municipal. O método, adotado na gestão do prefeito Roberto Marques (PTB), tem sido alvo de críticas dos prefeituráveis que se apresentaram na sabatina eleitoral, organizada pela Associação Comercial e Industrial de Poá (Acip) nesta semana.

O socialista admitiu que o resultado de 5,1, do Índice do Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), do Ministério da Educação (MEC), obtido pelo município em 2007, foi uma conquista, mas acredita que ainda há muito a ser feito. Um dos pontos defendidos por ele é a volta do sistema de livros didáticos fornecidos pelo governo federal. Datovo sabe que a medida, um tanto impopular, deve encontrar resistências por parte de pais e professores.

“Sabemos desta dificuldade. Pessoalmente sou contra, precisamos conscientizá-los, porque recebemos reclamações de professores que a apostila tira a liberdade deles na hora de ensinar”, explica. (D.F.)

Fonte Diário do Alto Tietê

Categorias
Sem categoria

Datovo na sabatina

Clipping

O postulante do PSOL, Carlos Roberto Datovo, econômico, apresentou nove obras, sendo duas só com recursos municipais: o Teatro Municipal e o Terminal Rodoviário.

O Professor Carlos Datovo, apontou como prioridades a Saúde e a Educação. Entre as ações, defende as aulas de período integral para o ensino fundamental, das 8 às 17 horas, a contratação de professores de psicologia, sociologia e filosofia para melhorar o currículo educacional e a redução de 40 para 25 alunos por sala.
Sobre a Maternidade Maria de Nazaré, o socialista deixa claro que vai mantê-la, se houver recursos, seja na esfera estadual ou federal. “Se não houver, funcionará mesmo assim, porém como pronto-socorro”, finaliza.

Fonte: Diário do Alto Tietê

Categorias
Sem categoria

Candidato do PSOL em SP recebe apoio de intelectuais

O candidato da coligação “Alternativa de Esquerda para São Paulo” (PSOL-PSTU) a prefeito de São Paulo, Ivan Valente, recebeu hoje, em apoio à sua candidatura, um manifesto assinado por intelectuais – muitos ligados à formação do PT. Francisco de Oliveira, Fábio Konder Comparato, Maurício Segall e Plínio de Arruda Sampaio estiveram presentes no evento de entrega do documento, no Hotel Othon, centro da capital paulista. “Queremos integrar parte da intelectualidade brasileira a um projeto de mudanças, que acreditamos resgatar a coerência e mostrar que a esquerda socialista brasileira não se rendeu aos encantos do poder”, disse o sociólogo Francisco de Oliveira.

Oliveira ressaltou que a grande diferença do PSOL em relação a outros partidos de esquerda são os militantes. “São militantes sem envolvimento com corrupção. Os objetivos são outros, baseados, como diz o nome do partido, em socialismo e liberdade. Liberdade que deve libertar e não oprimir, como vimos em outros regimes”, disse.

fonte: Repórter Diário

Categorias
Sem categoria

SP: intelectuais apóiam candidatura de Ivan Valente

SÃO PAULO – Um grupo de intelectuais, professores universitários e pesquisadores se reúne nesta quinta-feira, em São Paulo, para lançar um manifesto público em apoio à candidatura de Ivan Valente (Psol) à prefeitura de São Paulo. De acordo com a assessoria de imprensa do candidato, o objetivo da iniciativa é promover ‘um projeto de mudanças, que resgate a coerência e mostre que a esquerda socialista brasileira não se rendeu aos encantos do poder’. A reunião acontece nesta quinta-feita à tarde no Hotel Othon, na capital paulista.

Entre os signatários estão nomes como o do geógrafo Aziz Nacib Ab’Sáber, do historiador Jacob Gorender, do crítico literário Roberto Schwartz, do filósofo Paulo Arantes, do jurista Celso Antonio Bandeira de Mello e da professora Heloísa Fernandes. Estarão presentes na ocasião, o jurista Fábio Konder Comparato, o economista e museólogo Maurício Segall, o sociólogo Francisco de Oliveira e Plínio de Arruda Sampaio.

– O Psol é um partido novo, mas é coerente. Para nós é muito importante a aproximação com os que sempre lutaram em defesa dos direitos sociais, de uma sociedade mais justa e fraterna, combatendo a lógica neoliberal privatista – disse Valente.

fonte: JB on line

Categorias
Sem categoria

PLANO DE GOVERNO DO PSOL

Os interessados em conhecer as propostas do plano de governo do PSOL para Poá, podem solicitá-lo através do correio eletrônico [email protected]

Categorias
Sem categoria

Câmara aprova emenda do PSOL que prorroga prazo de isenção de imposto sobre o pão

O pão e a farinha estarão isentas da cobrança do PIS/Cofins até junho de 2009. A medida foi proposta pelo PSOL e aprovada nesta quarta-feira (06/08), no plenário da Câmara dos Deputados, como emenda à Medida Provisória 433. Isto significa que os brasileiros deixarão de pagar cerca de R$ 500 milhões da alíquota sobre o pão.
Pela proposta inicial, a isenção valeria até o final de 2008. Devido a importância do pão na alimentação do brasileiro, a bancada do PSOL propôs emenda prorrogando a isenção do PIS/Cofins (de 9,25%) até 30 de junho de 2009. Assim, as matérias-primas usadas na fabricação do pão comum estão com alíquota zero do PIS e da Cofins.

A MP reduz os custos das empresas de panificação, evitando que as altas dos preços do trigo e do petróleo no mercado internacional sejam repassadas para o pão francês e aumentem a inflação. Até abril, o pão francês acumulava reajuste de 14% ao ano, segundo a inflação oficial medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

notícia completa em www.psol.org.br

Categorias
Sem categoria

Programa de governo PSOL

CLIPPING

O Psol é o primeiro partido que enviou para os jornais seu Programa de Governo em Poá. Sem comitê, o candidato Carlos Datovo e o partido usam todas as possibilidades da internet.

informação completa em www.noticiasdepoa.com.br