Categorias
Sem categoria

ATENÇÃO MORADORES DE CALMON VIANA

DERSA É ACUSADA DE NÃO PAGAR INDENIZAÇÕES CORRETAMENTE

MORADORES DE POÁ TAMBÉM TERÃO SUAS CASAS DEMOLIDAS

Em reunião realizada com o deputado Carlos Giannazi (PSOL) no dia 19/01, moradores do Jd. Oratório (município de Mauá) denunciaram as várias irregularidades cometidas pela Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S.A – empresa de economia mista vinculada à Secretaria dos Transportes do Estado de São Paulo) no processo de desapropriação de residências e do pequeno comércio local para a construção do Trecho Sul do Rodoanel.

Centenas deles receberam indenizações bem abaixo do valor real de mercado e não estão conseguindo comprar outros imóveis. Muitos inclusive estão morando de favor em casas de amigos, parentes e vizinhos. Além disso houve relatos de ameaças, assédio moral e constrangimentos feitos por representantes da Dersa para que os moradores aceitassem os valores oferecidos e saíssem imediatamente das suas casas.

O parlamentar, que recentemente visitou o bairro junto das famílias desapropriadas, encaminhou o caso para a Defensoria Pública a fim de que os direitos destas sejam respeitados pelo governo estadual.

Giannazi também solicitará uma reunião com o presidente da empresa e, caso não haja a solução imediata do problema, fará um Requerimento de convocação para que ele venha a depor na Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa.

FONTE: carlosgianazzi.com.br

Categorias
Sem categoria

PSOL decide lançar candidatura própria

A Executiva Nacional do PSOL decidiu nesta quinta-feira encerrar as conversas com o PV sobre um eventual apoio à candidatura de Marina Silva à Presidência da República. Veja resolução da Executiva.

A decisão partiu da resolução recente do Diretório Nacional do partido que havia definido critérios para uma possível coligação com o PV. Entre eles, a necessidade de independência política da candidatura Marina e disposição de enfrentar a polarização conservadora entre PT e PSDB. Para isso, além de uma linha geral à esquerda, a proposta apresentada estabelecia candidaturas nos estados não alinhadas a nenhum dos blocos que fazem parte tanto do governo como da oposição de direita. Com a decisão do PV de se coligar no estado do Rio de Janeiro com o PSDB as possibilidades de um acordo, que já eram consideradas difíceis, tornaram-se inviáveis, uma vez que essa decisão expressa uma política deliberada de não enfrentar a polarização conservadora no plano nacional.

Encerradas as conversas com o PV, o PSOL se concentra agora no processo de construção e decisão sobre sua candidatura própria. O partido deve seguir nas conversações com o PSTU e o PCB e com setores dos movimentos sociais e da intelectualidade dispostos a construir uma alternativa de esquerda para as eleições de 2010.

Além disso, a Executiva deliberou por um calendário de debates entre os pré-candidatos a presidente em todas as regiões do país. Veja o calendário proposto.

A Executiva deliberou também pela convocação de uma Conferência Eleitoral Nacional para os dias 10 e 11 de abril de 2010, com debates preparatórios desde os núcleos de base e diretórios municipais, passando por etapas estaduais. (Convocatória da Conferência).

Até o momento três pré-candidaturas a presidente foram apresentadas, a do ex.deputado federal Plínio Arruda Sampaio, a do ex. deputado federal Babá e a do presidente do PSOL de Goiás, Martiniano Cavalcante.

Confira os textos apresentados pelas pré-candidaturas:
Plínio Arruda Sampaio
Babá
Martiniano Cavalcante

Secretaria de Comunicação PSOL SP

Categorias
Sem categoria

VEM AÍ O RODOANEL EM POÁ

Rodoanel: pague para entrar, reze e pague para sair

Não só de riscos de acidentes vivem os usuários do Rodoanel, com o início da cobrança do pedágio nas pistas expressas da Rodovia Castelo Branco no último domingo (17) os motoristas que acessam o Rodoanel na região de Osasco/Barueri pagam para entrar na rodovia e também para sair, já que todas as saídas do Rodoanel são pedagiadas.

A cobrança do pedágio nas pistas expressas da Rodovia Castello Branco começou à 0h deste domingo (17). Antes, a cobrança era feita apenas na pista marginal. A CCR, concessionária que administra a via, instalou praças de cobrança no km 18, sentido interior, e no km 20, sentido capital paulista.

A concessionária faz propaganda dizendo que reduziu o valor do pedágio, de fato, uma vez que logo à frente, em Itapevi, já no Km 33, há outro posto de pedágio. A redução, além de ser uma jogada de marketing, obviamente não implicará em perda de arrecadação para a concessionária, pelo contrário, já que um número muito maior de usuários passou a ser obrigado a pagar pedágio. Além disso, há o impacto no uso do Rodoanel, que também já é pedagiado.

Carros de passeio, que antes pagavam R$ 6,50, vão pagar R$ 2,80. Caminhões e ônibus pagarão R$ 2,80 por eixo. Já na praça de pedágio do km 33, em Itapevi, na Grande São Paulo, a tarifa será de R$ 5,60 para carros de passeio e por eixo de caminhões e ônibus. Antes, os motoristas pagavam R$ 11,20.

Novos trechos do Rodoanel vão ter pedágios mais caros

A cobrança de pedágio no Trecho Sul do Rodoanel deve começar em dezembro. Os motoristas vão pagar mais caro para circular pelos trechos Sul e Leste.

Segundo anunciou o governo do Estado, em 20/1, os preços dos pedágios serão fixados em R$ 6 para o trecho Sul e R$ 4,50 o do Leste. Atualmente, no trecho Oeste o valor é de R$ 1,30.

Embora o modelo adotado pelo governo estadual não seja por quilometragem, proporcionalmente a tarifa-teto (que será referência no leilão de concessão) está bem acima da usada para o trecho Oeste.

Com os pedágios mais caros, a expectativa do governo é que a empresa concessionária tenha uma receita tarifária de R$ 26,831 bilhões durante os 35 anos de concessão (R$ 766 milhões por ano). A explicação é que, desta vez, quem vencer o leilão terá não só a obrigação de administrar o trecho Sul, mas também construir todo o trecho Leste.

A cobrança será feita em quatro praças de pedágio, sempre nas saídas. O motorista pagará uma vez ao deixar o Rodoanel, como já ocorre no Trecho Oeste.

Se o processo de licitação do trecho Sul não atrasar, o contrato deverá ser assinado em 27 de julho.

De acordo com a Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp), 1.071 edificações terão de ser removidas para a construção do trecho Leste, em 743 hectares, dos quais 72% em área urbana.

População protesta

Na segunda feira, dia 18, uma manifestação paralisou a Rodovia Castelo Branco na altura do pedágio de Osasco. O impacto na região é muito grande e deve aumentar consideravelmente o tráfego nas vias dos municípios da região e penalizar usuários que percorrem pequenos trechos da Castelo Branco e do Rodoanel.

Movimentos estão sendo organizado em várias regiões do Estado de S. Paulo penalizadas pelos pedágios abusivos do governo Serra. No bairro de Perus, na Capital, os moradores estão mobilizados, em dezembro foi realizada uma manifestação no posto de pedágio do início da Anhanguera e também organizado um abaixo-assinado entre os moradores da região. Em outros bairros e cidades da Grande S. Paulo e do interior há várias movimentações para tentar barrar os abusos dos pedágio

fontes: Secretaria de Comunicação – PSOL SP

Categorias
Sem categoria

DATOVO É CANDIDATO AO CONSELHO DE SAÚDE

O Prof Carlos Roberto Datovo, presidente do Diretório Municipal do Psol de Poá, é candidato a representante dos usuários no Conselho Municipal de Saúde. Ele será um dos 10 candidatos a concorrerem a 4 vagas de titular.

A eleição dos representantes de usuários ocorrerá no dia 22, das 10 as 12h, no Centro Cultural Taiguara. O espaço está localizado na Alameda Pedro Calil, nº 50, região central, em cima do prédio da Câmara Municipal. Todos os cidadãos poaenses maiores de 16 anos poderão votar.

A votação para o Segmento dos Trabalhadores de Saúde ocorrerá entre os dias 21 e 22 deste mês, em todas as unidades de saúde do município.

Carlos Datovo pede o voto do munícipe garantindo que exercerá a função da forma mais transparente possível, fiscalizando e cobrando serviços públicos na área da saúde de melhor qualidade.

Leandro de Jesus
Secretário Geral

Categorias
Sem categoria

SERRA E KASSAB: FARINHA DO MESMO SACO


Com discurso de democratas, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), e o Prefeito da capital, Gilberto Kassab (DEM), mostram autoritarismo em manifestações pacíficas.

Faz tempo que eles estão de mãos dadas e no último dia 7 os dois mostraram que estão longe de serem verdadeiros democratas, como dizem ser. Eles colocaram a Polícia Militar e a Guarda Civil Metropolitana para bombardear trabalhadores que apenas manifestavam contra o aumento abusivo da passagem de ônibus.

Reforçaram mais uma vez o lado que estão. Estão sim do lado dos grandes empresários que sugam o sangue dos trabalhadores.

Por Carlos Datovo

Categorias
Sem categoria

INCOMPETÊNCIA DO EXECUTIVO

Prefeitura faz mais uma obra problemática

No cruzamento da avenida 9 de julho com a rua Leonor Bolsoni Marques da Silva, no centro da cidade, o prefeito de Poá, Francisco Pereira de Sousa, o Testinha, modificou o retorno e criou um novo para quem estiver indo da 9 de julho para o centro. Agora, não será mais necessário fazer o retorno na Praça dos Expedicionários. A nova opção será nesse mesmo cruzamento. O local, porém, já recebeu asfalto, mas por incompetência ou má intenção não se retirou o poste que suporta um dos semáfaros. Hoje há alguns cavaletes para alertar o motorista que o poste está na rua.

Com certeza, esse poste será removido posteriormente e, assim, o contribuinte terá de pagar pelo serviço duas vezes. Esses detalhes demonstram o descaso com que se cuida do dinheiro público e a incompetência do executivo, especialmente do secretário de obras e do diretor de trânsito

Senhor Prefeito, já está na hora de deixar de fazer politicagem e correr atráz de votos. É tempo de contratar pessoas capacitadas para administrar a cidade e o dinheiro público.

Prof Carlos Datovo

Categorias
Sem categoria