Categorias
Sem categoria

PSOL DE POÁ ENVIA COMISSÃO PARA RIO+20

Membros irão trazer experiências para serem aplicadas na cidade
O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) de Poá enviará militantes para participar dos debates da Rio+20, Conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre Desenvolvimento Sustentável que ocorre de 13 a 22 de junho, no Rio de Janeiro. O evento discutirá um novo mundo ambientalmente sustentável e socialmente justo. A intenção é acumular conhecimento para aplicar nos seminários de construção do plano de governo do partido.
O Professor Milton Bueno, idealizador dessa experiência, entende que é preciso participar de eventos como esse para conhecer o que há de mais moderno na discussão ambiental. Para ele, “a ida de jovens poaenses ao Rio de Janeiro deixa uma perspectiva de estarmos atentos às discussões mais importantes na atualidade, desenvolver sem depredar nossas cidades”.
O PSOL tem sido referência numa defesa intransigente do meio ambiente. No Congresso Nacional, 100% de sua bancada votou contra a reforma do Código Florestal, que permite o aumento do desmatamento. E agora, participa de uma campanha nacional de desmatamento zero.
A Rio+20 é a Conferência das Nações Unidas que vai tratar de desenvolvimento sustentável. Ela ocorre 20 anos depois da ECO-92, evento que marcou mundialmente os debates sobre o meio ambiente. Na Rio+20, os chefes de Estado que pertencem a ONU vão discutir a agenda de desenvolvimento dos próximos anos, a erradicação da pobreza, a institucionalização dessa sustentabilidade e a aplicação da economia verde.
A Cúpula dos Povos, que acontece paralelamente, é o evento organizado pela e para a sociedade civil e vai discutir os assuntos que a Rio + 20 retratará e muitos outros que não estão na programação do evento das autoridades. A cúpula ocorrerá no Aterro do Flamengo. Movimentos sociais, voluntários de diversas frentes da questão ambiental, estudantes e instituições irão participar desse evento. Pessoas do mundo inteiro irão acompanhar, inclusive estarão em acampamentos, além de um trabalho de solidariedade com barracas, banheiros e refeitórios. As atividades vão girar em torno de três frentes: denúncia das causas estruturais das crises, das falsas soluções e das novas formas de reprodução do capital, soluções e novos paradigmas dos povos e estimular organizações e movimentos sociais a articularem processos de luta anticapitalista pós-Rio+20.
Representarão o partido a Aline Guarizo, Caio Martinez e Juliana Almeida, também do Coletivo Educador VoS – Alto Tietê Cabeceiras. Aline comenta sobre essa grande oportunidade. “É um evento de destaque mundial e nós, brasileiros, temos que dar exemplo de participação e cidadania, contribuindo na luta pela justiça ambiental e social”, lembra.
Juliana Almeida explica que a experiência adquirida no evento servirá para toda a região. “Os voluntários ambientais têm atuado de forma intensiva no Alto Tietê e certamente voltaremos com mais conhecimento para ampliar nossa atuação. Nossa missão aqui é denunciar a mercantilização dos recursos naturais”, sintetiza.
www.psol-poa.blogspot.com
www.twitter.com/psolpoa
https://www.facebook.com/psol.poasp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code